Usando midias sociais para alavancar negocios

By on 24/07/2014

Muito se fala sobre o uso das mídias sociais para alavancar negócios: seja através de uma presença para seu negócio nas redes sociais ou através do desenvolvimento do seu próprio marketing pessoal para fins de carreira. Mas como de fato podemos tirar o melhor proveito das redes sociais levando nossa carreira ou negócio em conta?

Apesar das diversas redes sociais aceitarem tipos de conteúdo variados, isso não significa que você deva publicar indiscriminadamente. Pense na sua própria vida pessoal: muito provavelmente você tem uma amiga com a qual discute mais sobre carreira, outra com a qual gosta de sair e jogar papo fora, outra a qual você confia mais para tratar de seus relacionamentos pessoais e assim por diante. O mesmo vale para as redes sociais: é importante saber o papel certo de cada uma e como usar cada ferramenta a seu favor.

Seguem alguma dicas:

1. LinkedIn

Para uso profissional / carreira:

O LinkedIn é uma rede social especificamente pensada para fomentar negócios. Por isso, é muito importante que você mantenha seu currículo atualizado por lá. Mesmo que não esteja procurando emprego, é comum surgirem contatos relacionados a novas propostas ou parcerias.

Por ser uma rede social, você não deve procurá-la só quando quer um reposicionamento profissional, ela não é um site de cadastro de currículos puramente: atualize sempre seus cursos, formações e projetos, poste conteúdo interesse, participe dos grupos de discussão e siga empresas da sua área de interesse.

Evite aceitar pessoas que não conhece profissionalmente ou as quais você não tem sinergia de parceria. No LinkedIn o importante não é quem tem mais “amigos” (que lá são chamadas “conexões”) e sim quem tem maior relevância profissional. Ou seja: não peque pela quantidade e sim pela qualidade.

Para seu negócio:

Tenha uma página para sua empresa no LinkedIn e a mantenha sempre atualizada com oportunidades de emprego (vagas abertas), últimas notícias relacionadas a seu negócio ou ao seu mercado, projetos / produtos / serviços recém lançados e assim por diante.

Procure fazer conexões com sua conta, participar ativamente de grupos. As pessoas vão associar todo o conteúdo relevante que você contribuir com a rede para sua empresa.
No LinkedIn também é possível fazer anúncios segmentados para o seu negócio.

2. Facebook

Para uso profissional / carreira:

Em contrapartida ao LinkedIn, o Facebook foi pensado como uma rede social pessoal. Isso não significa que você não aceite “amigos” relacionados ao seu ambiente profissional, apenas que deve tomar maior cuidado pois nem sempre o que é relevante para sua vida pessoal o é para contatos profissionais.

Faça uso dos filtros que a plataforma oferece: agrupe contatos relacionados ao seu trabalho em um grupo específico e só publique para eles posts ligados a assuntos de mercado ou trabalho.

Evite usar as configurações padrões que permitem que qualquer pessoa possa lhe marcar em fotos, entre outras que podem ser modificadas na plataforma. O ideal é que você possa ter controle sobre o que é publicado em relação a você e assim escolha quem pode ver quais conteúdos.

Para seu negócio:

Ter uma página para sua empresa é algo muito interessante se você pode mantê-la atualizada e com conteúdo relevante. Procure pensar o que o seu público-alvo gostaria de acompanhar. Evite as armadilhas de postar somente “memes” engraçados, mensagens prontas de poetas e autores ou mensagens de “bom dia”. É muito provável que seu público esteja buscando outro conteúdo mais relevante e que você encontre maneiras mais criativas de oferecê-lo, ainda que inserindo um pouco de humor e humanização a ele.

No Facebook também é possível fazer anúncios e segmentá-los.

3. Twitter

Para uso profissional / carreira:

O Twitter ainda é uma das ferramentas preferidas dos “early adopters” com um todo. Existe muita gente que está na linha de frente de negócios e inovação por lá, então é legal que você faça um uso misto tanto para postar coisas pessoais quanto profissionais, caso você tenha Twitter.

No meu caso, posto alguns assuntos de interesse gerais meus, mas costumo postar com maior frequência sobre marketing digital, growth hacking, startups e empreendedorismo, pois muitos dos meus seguidores me seguem justamente devido ao meu know-how nesses assuntos.

Siga outros profissionais da sua área de atuação e interaja com eles sempre que fizer sentido.

Outra dica para o Twitter é escrever uma boa bio (que pode incluir hashtags) e deixar claro na sua bio o que você faz, no que é bom e também algo de caráter pessoal que te defina.

Para seu negócio:

Eu recomendo que negócios tenham Twitter quando eles realmente conseguem ter tempo de interagir com os seguidores, conversar com clientes, serem capazes de prestar suporte (muitas vezes o Twitter acaba virando SAC) e assim por diante.

Ter um Twitter apenas replicando posts do Facebook é um erro: as plataformas possuem características e públicos diferentes e são grandes as chances dos seus seguidores não darem a mínima para seus posts automáticos via Facebook, ou nem comecem a te seguir ou deixem de seguir.

Outras redes sociais

Dependendo do seu segmento, existem outras redes sociais que você pode e deve explorar, tanto do ponto de vista de carreira pessoal, quanto do ponto de vista do seu negócio. Não vou me aprofundar nessas redes, mas quem tiver dúvidas, pode entrar em contato comigo.

  • Pinterest – vale a pena quando seu negócio ou carreira exploram bastante o lado visual. Designers ou donos de lojas de roupa, guias turísticos ou agências de viagem e assim por diante;
  • Instagram – segue um pouco a linha do Pinterest porém também acaba sendo muito usado por outras segmentos como personal trainers e academias, médicos e nutricionistas e assim por diante. É uma plataforma que lhe permite se posicionar como um formador de opinião quando bem trabalhada e dentro de nichos específicos;
  • G+ – a rede social do Google segue recomendações similares as que dei em relação ao Facebook, mas é ainda mais rica para negócios ou para carreira pessoal quando você deseja utilizar vídeos ou webinars para promover a si próprio ou à sua empresa;
  • YouTube – pode ser um excelente canal para se posicionar como expert em um assunto. Para isso, basta postar vídeos relevantes no seu segmento de atuação ou fazendo reviews (críticas) de produtos que vende ou explicando sobre seus serviços.

O mais importante para seu sucesso nas mídias sociais é sempre manter um equilíbrio entre seu lado humano e profissional, ter bom senso, gerar conteúdo de qualidade para os públicos com os quais deseja interagir e lembrar que, quando bem usadas, elas sempre servem como fonte de networking e novos projetos. Boa sorte!

tathiana

Tahiana D’Egmont é especialista em marketing e negócios digitais. Empreendedora de longa data, Tahiana foi anteriormente fundadora da maior empresa de jogos sociais do Brasil e de uma plataforma para pagamento de bens virtuais. Ela escreve sobre marketing digital e empreendedorismo em seu blog pessoal: Degmont.com.

5.00 avg. rating (100% score) - 1 vote